Se depender do procurador regional eleitoral substituto, José Augusto Torres Potiguar, o senador Zequinha Marinho(PSC) e seus suplentes Arlindo Penha da Silva e Marinho Cunha terão os mandatos cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral, assim como a suplente de deputada federal Júlia Marinho (PSC), esposa de Zequinha Marinho,…

No dia 6 de maio deste ano, o artista Eduardo Kobra inaugurou o mural “Coexistência – Memorial da Fé por todas as vítimas do Covid-19”, feito inicialmente em uma tela, no ano passado. Com 28 metros de largura por 7…

Desde o registro oficial do 1º caso confirmado de Covid-19, em 26 de fevereiro de 2020, o Brasil superou a trágica marca de meio milhão de mortos e quase 18 milhões de infectados confirmados, na tarde de 18 de junho de 2021, conforme…

Já estão conclusos à relatora no Supremo Tribunal Federal, ministra Rosa Weber, os autos da ADPF 848/DF - Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, com pedido de medida cautelar, proposta pelos governadores do Distrito Federal e dos Estados de Alagoas,…

MANIÇOBA

Sua preparação demora cerca de uma semana, pois a folha da maniva (a planta da mandioca), depois de moída, deve ser cozida durante, pelo menos, quatro dias. Após esse tempo, acrescenta-se charque, toucinho, bucho, mocotó, orelha, pé e costeleta salgadas de porco, além de chouriço, lingüiça e paio, praticamente os mesmos ingredientes de uma feijoada completa. Daí ser conhecida como a feijoada paraense.

INGREDIENTES – para cerca de 30 pessoas:
· 2 paneiros de folhas de mandioca ( maniva ) ;
· 2 quilos de toucinho branco;
· 2 quilos de toucinho defumado; 
· 2 quilos de pé de porco salgado 
· 2 quilos de orelha de porco salgada 
· 2 quilos de língua de porco salgada 
· 2 quilos de rabo de porco salgado 
· 2 quilos de lombo de porco salgado 
· 2 quilos de costela de porco salgada 
· 1 1/5 quilo de paio 
· 1 1/5 quilo de chouriço 
· 1 1/5 quilo de lingüiça de porco 
· 4 quilos de bucho de boi 
· 4 quilos de charque

MODO DE FAZER:

Retire os talos da maniva e vá moendo. Coloque a maniva para ferver em fogo brando por 72 horas em panela grande com água. É necessário mexer de vez em quando, para que as folhas não grudem no panelão. Acrescente água quando achar necessário, contanto que a massa nunca fique seca.
Depois de 72 horas, coloque o toucinho (inteiro). Deixe ferver por mais um dia, em fogo brando, sempre acrescentando água e dando no mínimo três boas mexidas por período (manhã, tarde e noite).
No quarto dia, ponha as carnes salgadas e o charque de molho para tirar o excesso de sal.
No quinto dia, é a vez do bucho, que entra na panela em pedaços. Antes, escalde bem o bucho. Corte as carnes salgadas, lave bem e afervente. Junte tudo e ponha no panelão para ferver, desligando o fogo quando for dormir.
No sexto dia, corte o paio, o chouriço e a lingüiça em rodelas. Deixe ferver até o dia seguinte, quando a maniçoba estará pronta. O ponto pode ser dado pela cor que, de verde vivo passa a verde musgo quase preto.
Agora é só servir com arroz branco e farinha de mandioca.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

0 resposta em “MANIÇOBA”

Compartilhar