Se depender do procurador regional eleitoral substituto, José Augusto Torres Potiguar, o senador Zequinha Marinho(PSC) e seus suplentes Arlindo Penha da Silva e Marinho Cunha terão os mandatos cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral, assim como a suplente de deputada federal Júlia Marinho (PSC), esposa de Zequinha Marinho,…

No dia 6 de maio deste ano, o artista Eduardo Kobra inaugurou o mural “Coexistência – Memorial da Fé por todas as vítimas do Covid-19”, feito inicialmente em uma tela, no ano passado. Com 28 metros de largura por 7…

Desde o registro oficial do 1º caso confirmado de Covid-19, em 26 de fevereiro de 2020, o Brasil superou a trágica marca de meio milhão de mortos e quase 18 milhões de infectados confirmados, na tarde de 18 de junho de 2021, conforme…

Já estão conclusos à relatora no Supremo Tribunal Federal, ministra Rosa Weber, os autos da ADPF 848/DF - Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, com pedido de medida cautelar, proposta pelos governadores do Distrito Federal e dos Estados de Alagoas,…

DEZ ENORESOLUÇÕES E DOIS ENODESEJOS DE ANO NOVO

Recém brindamos o início de um novo ciclo e com energia renovamos esperanças e projetos. Começo de ano, período de safra. Nesta época, semelhante a nós, as parreiras dirigem toda sua energia para o crescimento dos cachos, e a força da vida se mostra mais uma vez na doçura de seus grãos, no vinho que deles extrairemos. Resultado de muito esforço e trabalho, no coração da vinha – como nos nossos – está o ‘sumo da vida’. São muitas as resoluções de ano novo, e entre elas todos queremos alegria, paz e saúde, comemorar com os amigos novos encontros e conquistas.

E, falando em vinhos e comemorações, na projeção de 2008, nós que vivemos em um país onde o inverno é ameno – poderíamos ficar mais atentos a detalhes que fazem toda diferença. 

Primeiro: prestar mais atenção ao Chardonnay. É um vinho que realmente não tem seu valor reconhecido em alguns círculos, estranhamente pelo mesmo motivo que é tão apreciado em outros: sua incrível versatilidade e estilos. 

Segundo, conhecer melhor o Riesling e o Sauvignon Blanc que, embora menos versáteis que o Chardonnay, por serem mais ácidos, são maravilhosamente refrescantes e são igualmente diferenciados em estilos.

Terceiro: os rosés merecem um olhar mais atento. São vinhos menos ácidos que os brancos, ricos em aromas e sabores das varietais tintas que os originam – o que os tornam muito interessantes, pois combinam com praticamente todos os pratos e momentos.

Quarto: apreciar espumantes o ano todo, porque embora o frio chame os tintos, os espumantes nas versões ’rouge’, quando mais encorpados, podem – e devem – ser servidos tanto quanto os tintos.

Quinto: procurar por vinhos menos óbvios. Há vinhos de excelente qualidade a preços muito convidativos.

Sexto: por uma questão de princípios, conhecer melhor os vinhos brasileiros, muitos já consagrados em concursos internacionais. Afinal, como se pode conhecer o mundo e não o seu próprio país?

Sétimo: aprender, degustar, conhecer, ler rótulos e contra- rótulos, observar a qualidade da rolha, entender o conceito de ‘custo-beneficio’.

Oitavo: apreciar os tintos jovens, nos quais os diferentes sabores e aromas das uvas são mais ‘vivos’ e facilmente identificáveis, e são vinhos menos complexos, tão diferentes dos acarvalhados e encorpados tintos de guarda.

Nono: ceder ao prazer de experimentar e descobrir as harmonizações ou os ‘démarriages’ mais interessantes. 

Décimo: desmistificar, esquecer as convenções e as regras e apreciar o vinho que mais agradar, do jeito que quiser. 

Além disso, o desejo que as pessoas descubram o poder do vinho para encantar, aproximar e criar laços, dar glamour e prazer aos mais diferentes momentos, seus benefícios para a saúde, e que não é necessário pagar caro por isso. E que os enosnobs e os enochatos desapareçam levando consigo seus preconceitos e ignorância que disfarçam sob pretextos diversos… porque, certamente, quem inventou o vinho estava de bem com a vida! Já quem inventou as regras…


(Natercia Ziero é diretora da Vinícola Cordelier)

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

0 resposta em “DEZ ENORESOLUÇÕES E DOIS ENODESEJOS DE ANO NOVO”

Compartilhar