O delegado de polícia de Oriximiná, Edmílson Faro, prendeu o vigia Ailton Ferreira da Silva a pedido do presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Andrade Sarubi (PSDB) e do vereador Márcio Canto (PTB) e, na presença de ambos e do…

Primeira do Brasil totalmente focada na educação para o trânsito, a biblioteca do Detran-PA foi criada em 1998 e começou direcionada ao público interno, funcionando no antigo prédio do órgão, ao lado da Ceasa. Em 1º de novembro de 1999,…

A Prefeitura de Belém vai revitalizar dezesseis imóveis do município que estão há anos em situação de abandono. Além do resgate do patrimônio histórico, artístico e cultural, a intenção é reduzir gastos com aluguéis de prédios que abrigam órgãos municipais.…

A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

RISOTO AO CHAMPAGNE

Ingredientes:

1 e 1/2 xícara (chá) de arroz arbóreo;
3 colheres (sopa) de manteiga; 
1 colher (sopa) de azeite de oliva; 
3 talos de alho-poró em rodelas;
1 xícara (chá) de champagne; 
1 colher (sopa) de sálvia desidratada; e
sal a gosto.

Modo de Preparo: 
Aqueça a manteiga e o azeite em uma panela. Adicione o alho-poró e frite por 7 minutos em fogo baixo, ou até murchar e ficar dourado. Acrescente o arroz e frite por mais 3 minutos. Em outra panela, coloque o champagne e 2 xícaras (chá) de água e leve ao fogo alto. Assim que levantar fervura, despeje no arroz. Junte a sálvia, acerte o sal e cozinhe em fogo baixo por 17 minutos, ou até o arroz ficar al dente. Retire do fogo e sirva. Se preferir, salpique mais sálvia e queijo ralado. 

Dicas: 
O champagne pode ser substituído por espumante ou a velha e boa sidra. 


Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

0 resposta em “RISOTO AO CHAMPAGNE”