Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Jatene vai criar Comissão da Verdade do Pará

Não haverá mais a sessão especial de instalação da Comissão Parlamentar da Verdade da Alepa, marcada para hoje após a sessão ordinária. O governador Simão Jatene, em boa hora, enviou projeto instituindo a Comissão da Verdade do Estado do Pará, que será mais ampla e integrada inclusive por membros do Poder Legislativo, além de entidades da sociedade. Por acordo de bancadas, à unanimidade os deputados decidiram aprovar o projeto do Executivo a tempo de instalar a Comissão durante os eventos que marcarão os 50 anos do golpe militar de 1964. 

O Pará foi palco de torturas, assassinatos e desaparecimentos durante a ditadura
militar no Brasil, notadamente na guerrilha do Araguaia. A Comissão vai contribuir em âmbito
nacional para o estabelecimento da verdade histórica no período da 1964-1985. Sua atuação será importante para
auxiliar na localização de restos mortais dos desaparecidos políticos; recomendar a adoção de medidas e políticas públicas para prevenir violação aos direitos humanos e assegurar sua não repetição; e colaborar para que seja prestada assistência às vítimas de tais violações. 

A Comissão da Verdade dos Jornalistas do Pará marcará outra data para entregar o relatório já enviado à comissão nacional da Fenaj à Alepa, parceira nos trabalhos, e ao governador Simão Jatene, que se mostrou sensível à luta pela instalação da Comissão da Verdade, articulada pelo Comitê Paraense pela Verdade, Memória e Justiça, Sindicato dos Jornalistas no Pará – Sinjor-PA, OAB-PA, Sociedade Paraense de
Defesa dos Direitos Humanos – SDDH-PA, União Nacional dos Estudantes (UNE), Levante Popular da Juventude e União da
Juventude Socialista, além de dezenas de outros movimentos sociais, entidades
de defesa dos direitos humanos e mandatos parlamentares.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *