Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Premiação da romaria fluvial amanhã

A Paratur premia, amanhã, os vencedores do concurso de ornamentação de embarcações da romaria fluvial do Círio.
Vão ser premiados três barcos regionais 
na categoria A e quatro na categoria B (outras embarcações). Este ano, a Paratur convidou novos jurados para a escolha das embarcações mais animadas, melhor decoradas, que concluíram todo o trajeto da romaria e estavam de acordo com as regras de segurança da navegação determinadas pela Capitania dos Portos e Hidrovias da Amazônia Oriental (Cpaor), parceira da Paratur na realização. 

O júri é integrado pela jornalista carioca Soraya Moreno, diretora de Turismo Religioso da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro; o fotógrafo paraense Ray Nonato, membro da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet); Maria Célia Jacob, pós-graduada em Teoria Literária e em Literatura Infanto Juvenil pela PUC de Minas Gerais; o consultor em turismo e hotelaria Haroldo Verbicaro Tuma, mestre em consultoria e gestão do ecoturismo pela Universidad de León, Espanha; e Edila Porto de Oliveira, cerimonialista, professora e coordenadora do bacharelado em Moda da Universidade da Amazônia. 

A romaria fluvial foi criada em 1986 pelo então presidente da Paratur, jornalista e escritor Carlos Roque, e há 29 anos o concurso e outras atividades tornam o evento um dos mais importantes na programação oficial do Círio. 

Durante a cerimônia de premiação, às 10 horas da manhã, no mezanino do Espaço São José Liberto (Polo Joalheiro), a Paratur também vai conceder certificado de participação aos estudantes de Turismo da Faculdade Pan Amazônica (Fapan) que aderiram ao Programa Voluntários do Círio e participaram do receptivo turístico do Círio 2014, realizado pela Paratur entre os dias 7 e 13 de outubro, no aeroporto de Belém, terminal rodoviário, terminal hidroviário e sede da Paratur.
Na Capela São José, está aberta ao público a exposição Natureza, Cultura e Fé: a Grandiosidade do Círio de Nazaré, através da qual a Paratur e a Secretaria de Estado de Turismo do Pará narram a história do Círio, das romarias, do receptivo turístico, do Auto do Círio, do almoço do Círio, das tradições e manifestações de fé, entre outros aspectos da quadra nazarena.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *