Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais

O Theatro da Paz recebeu, ontem, a Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros Navais, criada na década de 70, no Rio de Janeiro, e considerada uma das maiores do mundo. Formada por cerca de 100 militares, ela se destaca pelo coro com 20 integrantes, cantores e instrumentos como gaitas de fole escocesas. No repertório da noite, canções do erudito ao popular, passando por “La Traviata”, de Giuseppe Verdi, “Tambatajá”, do compositor paraense Waldemar Henrique, a Michel Jackson e trilhas de filmes e séries internacionais como James Bond e Game of Thrones, incluindo as tradicionais marchas, canções militares e hinos. 

O governador Simão Jatene e a primeira-dama Ana Jatene prestigiaram a homenagem ao lado do Almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, comandante da Marinha do Brasil, e do Vice-Almirante Alípio Jorge Rodrigues da Silva, comandante do 4º Distrito Naval, entre outras autoridades.
O espetáculo é fruto de parceria entre a Marinha do Brasil e o governo do Estado, via Secult. O coral do Tribunal de Contas do Estado fez participação especial. 

Hoje, durante a Romaria Fluvial, a imagem peregrina  d Nossa Senhora de Nazaré foi conduzida a bordo do navio Garnier Sampaio, pela Baía do Guajará. O trajeto de 18,5 Km foi acompanhado por dezenas de embarcações que saem do trapiche de Icoaraci, até a escadinha do cais do porto, ao lado da Estação das Docas, no centro de Belém.
Na chegada, a imagem da santinha é recebida com honras de chefe de Estado pela Polícia Militar. O ritual teve início em 1999, em função da lei estadual nº 4.371. 

A Marinha também atua na grande procissão do Círio. Há 20 anos os fuzileiros navais fazem o cordão humano protegendo a berlinda durante toda a romaria de domingo. São cerca de 500 militares que se revezam nessa homenagem.

As fotos são de Thiago Gomes.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *