Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Adeus a Chico Coimbra

Lamento informar a morte de Francisco Coimbra Lobato,  aos 80 anos, o benquisto Chico Coimbra, empresário do ramo de látex, grande benfeitor da juventude santarena, fundador e mantenedor com recursos próprios da Associação Assistencial ao Estudante Universitário do Médio Amazonas (Asseuma), que abrigou em Belém mais de 700 jovens estudantes de toda a região que assim puderam continuar seus estudos, cursando o ensino superior que não existia naquela época nas cidades do interior. Apaixonado por esportes, presidiu na década de 70 o São Francisco Futebol Clube, o Leão Azul de Santarém, onde também imprimiu sua marca de gestor probo e dinâmico. Chico Coimbra ultimamente residia no interior de São Paulo com sua esposa Elinor, e estava em Santarém para um casamento.  Faleceu dormindo. 

Em nota, a Associação Comercial e Empresarial de Santarém lamentou a perda e destacou sua importância para o meio empresarial. Chico Coimbra foi o primeiro a receber o título de “Empresário do Ano”, quando a comenda foi criada em 1981. 

Que Deus o receba na paz eterna e console D. Elinor e seus filhos Franceli Lobato Almeida, Zuila Wanghon, Carmen Coimbra, Rosana Lobato e João Lobato.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *