0

A aglutinação de forças da oposição rumo às eleições 2022 acelerou a arregimentação de forças pelo governador Helder Barbalho, que cobrou definição dos aliados em posição dúbia. O resultado é que Cinthya Silene de Lima Simões, que atuava como assessora da Vice-Governadoria desde os tempos de Helenilson Pontes, tendo permanecido lá durante o mandato de Zequinha Marinho até o final de 2018,  foi defenestrada da presidência do  Instituto de Metrologia do Pará (Imetropará). Ela ocupava o cargo por indicação do presidente estadual do PSD, Helenilson Pontes que, agora, diz que está fora da base aliada. Se for assim, o secretário de Estado de Agricultura, coronel Alfredo de Souza Verdelho Neto, que também foi indicado por Helenilson, vai cair. Ele é marido da prefeita de Ponta de Pedras, Consuelo Castro(PSD). Hoje, o deputado estadual Toni Cunha (PTB) divulgou foto de reunião sua na casa do ex-governador Simão Jatene e não escondeu que se tratava de estratégia eleitoral para o ano que vem.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

COWBOYS E GIBIS

Anterior

Tributo a Zeno Veloso pela OAB Nacional

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *