Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

O Dia do Fico de Zequinha

Há quinze minutos, o vice-governador Zequinha Marinho(PSC) divulgou em sua página no Facebook uma nota de esclarecimento. Como já tinha sido anunciado de manhã na tribuna pelo líder do PSC na Alepa, deputado Jaques Neves, ele consultara a direção do partido, tanto em âmbito estadual quanto nacional, e decidira não sair do cargo no próximo dia 7, prazo máximo para desincompatibilização do governador. Foi apoiado por seus correligionários. Mas a permanência de Zequinha não significa, necessariamente, que o governador Simão Jatene cumprirá o mandato até o fim, e muito menos que  o vice se bandeará para o grupo capitaneado pelo MDB. As conversas nos bastidores continuam, e ainda é uma incógnita o que acontecerá no dia 7. Márcio Miranda ofereceu vaga de vice em sua chapa, ou para o Senado, e ainda participação no governo. Helder Barbalho fez a mesma oferta. Mas Zequinha quer ser o único candidato ao Senado,o que nenhum dos candidatos pode garantir. Resta aguardar para onde a balança vai pender.

Leiam a íntegra da nota:

“Sempre fui solícito e colaborativo com todos. Quem me conhece, sabe disso!
Após ouvir exaustivos debates, com a Executiva Estadual e a Executiva Nacional do meu partido, as duas, unanimemente, discordaram da possibilidade de renúncia.
Por uma questão de princípios, quem me conhece sabe que tenho uma linha de conduta, uma palavra, firmeza e um estilo próprio de pensamento e comportamento. Dessa forma, meus amigos, lamento não ter como colaborar com o projeto do governador renunciando ao meu mandato. Não nos furtaremos ao diálogo na construção de qualquer outra alternativa.
Deixo claro que não tenho nada contra ninguém. Só quero continuar tendo condições de andar na rua de cabeça erguida nesse difícil momento da política do Brasil.
Zequinha Marinho
Vice-Governador do Pará”

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *