Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Nova pesquisa do Ibope em Belém

O Ibope divulgou há pouco nova pesquisa eleitoral em  Belém do Pará. O cenário é Edmilson (PSOL) com 36%, Éder Mauro (PSD) com 24%, Zenaldo Coutinho (PSDB) com 20%, Professor Maneschy (PMDB) com 6%, Ursula Vidal (Rede) e Regina Barata (PT) empatadas em 2%, Lelio Costa (PCdoB) e Professor Ivanildo (PRTB) empatados em 1%. Cleber Rabelo (PSTU) e Luis Menezes (PCB) têm 0%. Brancos / nulos são 5%. Não sabe/ não respondeu: 3%.  O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 5 e 8 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no TRE sob o nº PA-07603/2016. 

Na pesquisa anterior, em agosto, Edmilson tinha 37%, Éder Mauro 28%, Zenaldo 11%, Ursula 4%, Regina 3%, Maneschy 2%, Cleber, Lelio e Ivanildo 1% e Luis 0%. Brancos / nulos eram 9%. Não sabe/ não respondeu: 3%.

A pesquisa espontânea aponta Edmilson: 31%, Éder Mauro: 19%, Zenaldo: 17%, Maneschy: 4%, Regina: 2% e Ursula: 1%. Todos os demais ficam com 1%. Brancos / nulos: 12%. Não sabe/ não respondeu: 12%.

Quanto ao índice de rejeição dos candidatos a pesquisa mostra Zenaldo: 36%, Edmilson: 21%, Éder: 19%, Regina: 17%, Ursula: 13%, Lélio: 11%, Maneschy: 10%, Cleber e Luis empatados em 9%, Ivanildo: 6%. Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%. Não sabe/ não respondeu: 9%.

A pesquisa revela que em um embate no segundo turno Edmilson levaria 48% e Éder Mauro 40%. Brancos/nulos: 8%. Não sabe: 4%.

Em um segundo cenário de segundo turno, Edmilson teria 56% e Zenaldo 29%. Brancos/nulos: 11%. Não sabe: 4%.

Em uma terceira hipótese de segundo turno, Eder Mauro  venceria com 50% e Zenaldo Coutinho ficaria com 31%. Brancos/ nulos: 14%. Não sabe: 5%.

O Ibope perguntou, independente da intenção de voto, quem os eleitores acham que irá vencer a eleição. O resultado:  Edmilson teria 41%, Éder Mauro 23%, Zenaldo Coutinho 20%, Maneschy 3%, Regina 1%, Lélio,  Ursula e Ivanildo, 0%. Não sabe/ não respondeu: 11%.

Como os eleitores avaliam a administração do prefeito Zenaldo Coutinho: Ótima/Boa: 17%, Regular: 41%, Ruim/Péssima: 40%. Não sabem avaliar: 2%.  Segundo o Ibope, 61% desaprovam a forma como Zenaldo administra o município e 33% declaram que a aprovam. Aqueles que não sabem ou preferem não responder somam 6%. 

À pergunta “Qual é a área em que, na sua opinião, a população de Belém está enfrentando os maiores problemas?”(considerando os três primeiros itens escolhidos pelo eleitor) o resultado revela: Saúde: 73%, Segurança pública: 61%, Educação: 45%, Limpeza pública: 19%, Geração de empregos: 18%, Transporte coletivo: 12%, Rede de esgoto: 12%, Trânsito: 11%,  Abastecimento de água: 8%, Corrupção: 6%, Iluminação pública: 6%, Impostos e taxas: 5%, Calçamento de ruas e avenidas: 4%, Assistência social: 4%, Administração pública: 4%, Meio ambiente: 3%, Opções de lazer: 2%, Habitação: 2%, Atividades culturais: 1%, Atividades esportivas: 1%. 

Considerando apenas o primeiro item escolhido pelo eleitor, fica assim: Saúde: 43%, Segurança pública: 23%, Educação: 5%, Geração de empregos: 4%, Limpeza pública: 4%, Transporte coletivo: 3%, Trânsito: 3%, Abastecimento de água: 3%, Rede de esgoto: 3%, Iluminação pública: 2%, Assistência social: 1%, Calçamento de ruas e avenidas: 1%, Meio Ambiente: 1%, Impostos e taxas: 1%, Corrupção: 1%. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *