A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Guardas municipais foram afastados

Dois jovens denunciaram ter sido vítimas de guardas municipais de Belém em razão da cor da pele. As acusações serão apuradas pela Corregedoria, através da abertura de processo administrativo. O prefeito Edmilson Rodrigues determinou de imediato, como medida preventiva, o afastamento dos envolvidos de suas atividades operacionais até a conclusão do PAD, conforme prevê a legislação municipal (Lei 7.502).

Logo que soube do ocorrido, Edmilson Rodrigues recomendou ao comando da Guarda Municipal de Belém uma investigação rigorosa sobre a detenção e condução do rapaz pelos guardas municipais. No exercício de suas funções, os guardas investigavam denúncias de uso de entorpecentes na praça.

Em nota, a Prefeitura de Belém reitera que prima pela responsabilidade, justiça e respeito aos direitos humanos, em todas as áreas da administração, o que inclui o reforço ao papel cidadão da Guarda Municipal.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Participe da discussão

1 comentário

  1. Há de se investigar com rigor, com imparcialidade e isenção de ânimos a conduta dos guardas municipais para então após a comprovação dos fatos dar o encaminhamento que o caso requer sem cometer injustiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *