Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Adnan informa fases da siderúrgica em Marabá

Na semana passada, o governo do Pará apresentou ao governo federal um projeto solicitando a Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Marabá, que envolve medidas e incentivos fiscais federais, além de licenciamento ambiental do empreendimento. Paralelamente, está sendo realizado um estudo sobre a Ferrovia Paraense (Fepasa), estratégia importante para o escoamento da produção. Se a ZPE e a Fepasa saírem do papel, no final de 2017 começa a implantação da siderúrgica da Cevital em Marabá.


A convite do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Márcio Miranda, e por proposição do deputado João Chamon, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki, passou parte da manhã de ontem na Alepa, esclarecendo aos deputados estaduais o andamento do projeto da Cevital em Marabá.


Adnan Demachki disse que o governo do Estado está comprometido em criar condições favoráveis em todas as áreas – ambiental,  fundiária, jurídica, transportes e de logística -, além de ampliar o diálogo com o governo federal a fim de garantir novos investimentos no Pará.  

O deputado João Chamon requereu uma sessão especial em Marabá em 2017, envolvendo a participação do governo e representantes da Cevital, a fim de apresentar o andamento do projeto. O complexo siderúrgico de Marabá prevê a geração de 20 mil empregos. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *