Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Veritate aponta Zenaldo 43,7% e Ed 39,7%

Mais uma pesquisa de intenções de voto para a prefeitura de Belém, registrada na Justiça Eleitoral sob o nº PA-01596/2016. O Instituto Veritate, por conta própria, ouviu 600 eleitores nos dias 20 e 21 de outubro de 2016.  
Na estimulada Zenaldo Coutinho aparece com 43,7% e Edmilson com 39,7%. Nenhum/Branco/Nulo alcançam 10,5%. Sem resposta, 6,2%. Quanto à expectativa de vitória, o levantamento mostra Zenaldo com 48,2% e Edmilson com 37%. Sem resposta, 14,8%.

Na espontânea Zenaldo Coutinho fica com 37,8%, contra 35,3% de Edmilson. “Outros” tiveram 0,2%. Sem resposta, 26,7%.

A margem de erro é de 4% para mais ou para menos e o intervalo de confiança de 95%.

As principais necessidades dos bairros e do município são alinhadas, pela ordem, na espontânea: Segurança 49,7%, Esgoto 14,2%, Saúde 12,3%, Asfalto 6,3%, Limpeza 5,3%, Água 3,5%, Educação 1,5%, Iluminação 1%, Emprego 1%. Outras respostas somam 4,2%. E 1% não respondeu.  

No dia 30 à noitinha saberemos a resposta certa. E então o blog vai pedir ao procurador regional eleitoral, Bruno Valente, que investigue as pesquisas, já que esse trabalho é de notório interesse público. Assim cessará a verdadeira guerra que se instaurou quanto a esses resultados e os próprios institutos que estiverem trabalhando corretamente poderão ter um verdadeiro atestado de credibilidade e adequação.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *