Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Projeto logístico do Pará exposto no MF

Foto: Secom
Há cerca de 15 dias, o governador Simão Jatene conversou com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy,  e falou do projeto do Complexo Logístico Industrial e Portuário Paraense, a ser executado em Parceria Público-Privada.  A pedido de Levy, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia do Pará, Adnan Demachki, expôs ao secretário executivo do Ministério da Fazenda em exercício, Tarcísio Godoy, e ao presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, hoje, detalhes do empreendimento, que inclui uma ferrovia ligando Santana do Araguaia, na divisa com o Mato Grosso, ao porto de Vila do Conde, em Barcarena, com 1,1 mil Km de extensão, passando por Redenção, Xinguara, Marabá, Rondon do Pará, Nova Ipixuna, Ulianópolis e Paragominas, investimento orçado em R$ 8 bilhões, cujos estudos de viabilidade técnica e econômica foram feitos pela Pavan Engenharia. 

O projeto abrange, também, um porto multicarga no município de Colares, local que tem calado para receber navios de grande capacidade, e, ainda, a construção de um Condomínio Industrial Portuário. Tarcísio Godoy assumiu o compromisso de analisar a ideia, focando questões técnicas e federativas. Jorge Bastos achou “interessantíssima” a interligação proposta com a ferrovia Norte-Sul, a partir de Açailândia(MA). 

Participaram da reunião o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) e o coordenador do Núcleo de Representação do Pará no Distrito Federal, Ophir Cavalcante, além do consultor Renato Pavan.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *