A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

MPF notifica frigorífico JBS

A partir do cruzamento de dados do Indea (Guia de Transporte Animal) Ibama, do Incra e do Ministério do Trabalho e Emprego, o Ministério Público Federal constatou que, apesar de o frigorífico JBS ter se comprometido a rever as suas relações comerciais, continuou negociando com produtores rurais que constam na lista suja da cadeia produtiva. Comprou 2.242 animais de 13 propriedades embargadas pelo Ibama; 1.090 animais de 18 fazendas localizadas dentro da Terra Indígena Maraiwatsede; e 144 animais de área onde foi identificada utilização de mão de obra em condições de escravidão.
De maio de 2010 a maio de 2011, 3.476 cabeças de gado foram adquiridas em desacordo com a legislação ambiental e critérios de sustentabilidade. Agora, o JBS tem dez dias  úteis para responder à notificação do MPF.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *