0

SOU MÃE AVÓ DA ANA GABRIELA. Ela é autista moderada, além de outros transtornos . É uma moça maravilhosa. Desde que ela me ensinou como queria ser tratada , as coisas fruíram de forma muito gostosa entre nós . Quando ela está em crise , eu olho com muito amor e digo que ela não quer fazer aquilo . ( claro que algumas vezes, a coisa foge do controle ). Ela quer se sentir amada . Então eu demonstro todo amor que sinto por ela . Já sofreu muito byuling até de professores mas eu lhe mostrei que as pessoas agem por medo. Medo da capacidade dela, medo da inteligência dela . As pessoas não sabem amar . São pequeninas. Quando um portador de TEA quer ficar sozinho, respeite . Olhe ao redor evitando ter algo que o machuque , e deixe-o . Só diga de vez em quando, que o ama muito. A nossa sociedade ainda não penetrou no universo de um TEA . Então o trata como diferente . Diferente é aquele que o trata como tal. O universo deles é transparente . É um universo onde reina a pureza, a exploração do desconhecido . O TEA não se fixa muito tempo naquilo que estava fazendo . E daí ? Você também cansa do cotidiano . A diferença é que ele abandona e você insiste.. Quando um portador de TEA está em crise de agressividade , de gritos , procure ter calma . Procure deixá-lo seguro. Os neurônios dele estão em polvorosa e você não tem culpa. Mas, acima de tudo , cuide da sua segurança , e da dele , mantendo em lugar seguro tudo que possa ser usado como arma e mostre que não está com medo dele. Procure falar com calma, mesmo depois de um dia de gritaria. Ame ! Ame muito ! Pense que hoje é “Dia da Consciência Autista “. Vamos aproveitar e aprender mais um pouco com nossas caixinhas de surpresa. E agradecer a Deus por haver nos escolhido para cuidar de seres tão divinos . Ele não os entregaria a qualquer um. Tenha certeza.

Maria José Ferreira
Maria José Ferreira é juíza do Tribunal de Justiça do Pará, aposentada.

O talento precoce de Paloma Dineli Chesky

Anterior

Projeto para privatizar praias

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *