0

Será que você está cuidando bem da sua imagem profissional nas redes sociais?

Hoje “passeando” por uma rede social, eu li o post de uma médica (por sinal hoje é dia deles, nossos queridos médicos, parabéns!) dizendo que havia passado na prova de especialização e que dalí para a frente não contassem mais com ela para “mestrado ou qualquer outro curso”…

Ou seja, ela declarava que qualquer outro tipo de estudo em sua área estava fora de cogitação. E se tem uma coisa que eu aprendi na vida, é que em TODAS as profissões o estudo nunca termina. Nunca!

Se não termina para mim, que vendo cestas de guloseimas, imagine para um médico?

Me deu vontade de dizer: “Amiga, me ajuda a te ajudar, apaga isso!”

Médicos, quando decidem ter uma clínica particular, se tornam empreendedores como outros quaisquer. Precisam gerir contabilidade, boa parte precisa contratar auxiliares, precisam ter clientes, precisam pagar contas, precisam ter lucros. Então vamos pensar como um?

Você iria em um médico que já dissesse de pronto que não gosta de estudar sobre medicina? Provavelmente não, né?

Médicos certamente não precisam fazer dancinhas na internet para conquistar clientes, mas precisam ter noção do que falam em lugar público e como se portam. Ela é obrigada a continuar se qualificando? Deveria até ser, posto que a medicina vai sempre se modernizando e mudando, mas não é. Paciência. Todavia, ela deve DECLARAR que não vai mais buscar estudos na sua área? Com certeza NÃO!

Aliás, basta uma dar uma “passadinha” no Instagram para ver dezenas de empreendedores fazendo memes e reclamando da única coisa que lhes permite continuar sobrevivendo profissionalmente: seu cliente.

-“Meu cliente só pede em cima da hora!”

-“Meu cliente pede desconto!”

-“Meu cliente me telefona sábado à noite!”

Ora bolas, se tem cliente, AGRADEÇA!

Pense que seu cliente lhe telefonou num sábado à noite para lhe DAR DINHEIRO! Quer notícia melhor do que essa?

Claro que você não é obrigado a atender o tempo todo e merece ter momentos de lazer e descanso em família, mas tenha uma resposta pronta para esse tipo de situação, agradeça o contato, diga que está temporariamente indisponível mas que vai retornar a chamada assim que for possível. Explique os horários em que atende. Seja simpático e gentil. E NUNCA vá reclamar sobre isso em uma rede social, nem de “brincadeirinha”.

Pare de sabotar sua própria imagem!

O mercado já está bastante concorrido para os que estão fazendo tudo certo em relação ao cuidado com as mesmas, imagine para os que não estão?

Cuide do que você está passando ao público. Pense duas vezes no que você vai dizer ou escrever em uma rede social. Seu cartão de visitas hoje não é mais aquele pedacinho de papel que você entrega aos outros com seu nome e telefone impressos. O cartão agora é outro e atende por vários nomes: Instagram, Twitter, Tik Tok, Facebook, LinkedIn… Cuide bem do que você mostra nesses lugares, porque o mercado não admite mais erros tão amadores.

Julia Fontelles
51 anos, empreendedora há mais de 30 anos, proprietária da Le Panier D’Amelie-Cestaria, especializada em cestas de café da manhã e de happy hours. E-mail julia.villasanti@live.com

    Viagem insólita

    Anterior

    Arquivo Público do Pará é denominado Zeno Veloso

    Próximo

    Vocë pode gostar

    Comentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *