Para marcar os quinze anos de criação das Florestas Estaduais de Faro, Trombetas e Paru, da Estação Ecológica Grão-Pará e da Reserva Biológica Maicuru, na Calha Norte, hoje (4), o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) lançou…

Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Arquivo Público do Pará é denominado Zeno Veloso

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso, já foi sancionado pelo governador Helder Barbalho e com a publicação no Diário Oficial vira lei estadual. Trata-se de justo reconhecimento a um dos mais importantes intelectuais parauaras, de renome internacional, que elevou o nome do Pará nos campos jurídico e cultural.

O acervo do Arquivo Público do Pará é integrado por cerca de quatro milhões de documentos da maior importância para a compreensão da complexidade política, social, cultural e econômica de toda a Amazônia. Tem obras raras que salvaguardam personagens, relatos, linguagens, ritos e relações institucionais e sociais ao longo dos séculos, com registros dos períodos colonial, imperial e republicano. A ocupação da Amazônia pelos portugueses, as múltiplas vivências dos europeus com os grupos indígenas, a introdução e o trabalho de etnias africanas na região, a entrada dos imigrantes, os conflitos e revoltas, enfim, as transformações políticas, econômicas, sociais e culturais ocorridas nos últimos quatro séculos estão lá, do século XVII ao XXI.

Localizado na Tv. Campos Sales, 273, bairro da Campina, em Belém, o Arquivo Público do Pará Zeno Veloso pode ser visitado e suas obras acessadas gratuitamente. Contatos: (91) 4009-4386 ou e-mail [email protected]. Aberto das 8h às 14h, apenas mediante agendamento.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *