O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O Luto Alheio Deve Ser Respeitado

Não há como falar ainda de outro assunto que não seja a morte trágica e precoce da talentosa cantora Marília Mendonça.

É sempre doloroso para todos quando a realidade esfrega na nossa cara que pessoas na flor da idade podem simplesmente ir embora sem aviso prévio.

Dói para os amigos, dói para os familiares, para os pais, e neste caso doeu para milhões de pessoas que eram fãs da carismática artista.

O luto é um processo complexo, difícil e extremamente doloroso. Já estive nesse lugar de várias formas. Já senti perdas de artistas que eu admirava, de amigos queridos, já perdi pai, avós e uma filha. Eu sei do que falo.

No entanto parece que nem todo mundo conhece ou respeita o luto alheio.

Tenho visto declarações diversas sobre a tragédia, algumas totalmente fora de propósito, sobre o peso da cantora ou sobre críticas à qualidade de sua música.

Não é o momento. O Luto de quem sofre precisa ser respeitado. Não é definitivamente o momento de ser crítico musical. Ou de tecer comentários sobre a forma física desta pessoa, que era um ser humano antes de tudo. Você não gosta da música dela, para quê dizer isso neste momento? Não curte o físico /cabelo/estilo? A quem ajuda dizer isso justamente agora? No quê agrega essa opinião que você acha que “tem que ser dada”? A NADA.
Teremos muitos momentos para explicitar nossos gostos e desgostos musicais, mas acredite: esse não é um deles.

Criticar qualquer aspecto de uma pessoa que acaba de falecer é de uma grosseria e falta de empatia gigantescas. Não gosta? Não fale. Não tem nada de bom a dizer de quem se foi? Cale.

Resista à tentação de dar opinião sobre tudo. No mínimo você será visto como insensível, porque tem gente que realmente está sofrendo. Falar mal de quem se foi, seja de sua aparência, trabalho ou comportamento, fere quem neste momento chora a perda de um ente querido.

É muito duro perder pessoas que amamos. Respeite o momento.

Minha avó dizia que o silêncio é ouro quando o que você tem a dizer é de chumbo. Ela estava certa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *