Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Música santarena

  Foto Cristino Martins
Fotos Eunice Pinto
Foi emocionante o concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, que lotou a Casa da Cultura em Santarém, com repertório que privilegiou a obra de Wilson Fonseca (1912-2002), o maestro Isoca, cujo centenário de nascimento será em 2012. O público aplaudiu de pé e cantou. No bis, o maestro Miguel Campos Neto passou a batuta ao maestro José Agostinho da Fonseca Neto, o Tinho, para reger a OSTP, na execução de “Canção de Minha Saudade(letra de Wilmar Fonseca, música de Wilson Fonseca e arranjo orquestral de Vicente Fonseca) com a participação do Coral Jovem “Maestro Wilson Fonseca” e da cantora Cristina Caetano.
Ao final do evento, ponto alto das comemorações pelos 350 anos de Santarém, o anúncio, pelo secretário de Cultura, Paulo Chaves, da criação oficial da Orquestra Sinfônica de Santarém e do Pólo Sociomusical, que terá a participação do maestro Agostinho da Fonseca Neto, fez jus à luta de décadas de Tinho, que desenvolve brilhante trabalho focado na educação musical de crianças e adolescentes em situação de risco e no intercâmbio entre profissionais e estudantes de música de Belém, Santarém e toda a região do Baixo Amazonas.
O blog acompanha o esforço hercúleo de Tinho, idealizador e dirigente da escola de Música Wilson Fonseca, da Orquestra Jovem Wilson Fonseca e do Coral Wilson Fonseca, que vem permitindo acesso de crianças e jovens à cidadania, através da música, e louva a iniciativa do Governo do Estado em proporcionar aos talentos parauaras que proliferam na região Oeste do Pará o necessário apoio oficial. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *