Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Julgamento de Vavá Mutran

As Câmaras Criminais Reunidas do TJE-PA deferiram ontem o pedido de desaforamento da Comarca de Marabá para Belém do júri popular do ex-deputado estadual Osvaldo dos Reis Mutran, o Vavá Mutran, acusado de matar uma criança de 8 anos com um tiro na cabeça porque o pequeno brincava em um campo de futebol de sua propriedade.    

A relatora do pedido, desembargadora Raimunda Noronha, acolheu os argumentos do MPE, de que o réu, assim como seus familiares, exerce grande influência política e econômica na região do crime.

Em agosto de 2005, Vavá Mutran foi submetido ao Tribunal do Júri e inocentado. O Ministério Público recorreu da sentença, alegando parcialidade na decisão dos jurados. As alegações do MP foram acolhidas, em 2006, pelo Tribunal de Justiça do Pará, que determinou novo julgamento.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *