Casarões da CDP saqueados e em ruínas
Abandonado há cerca de vinte anos pela Companhia Docas do Pará, o casarão que até o início dos anos 2000 servia como...
Ver mais
Perigo quando as águas azuis do Tapajós ficam verdes
O Tapajós, já reconhecido como o mais belo rio do mundo, é um dos maiores da Amazônia e às suas margens...
Ver mais
As incríveis coleções do Museu Paraense Emílio Goeldi
Com importância singular nos campos científico, sociocultural e político, os acervos arqueológicos e etnográficos do Museu Paraense Emílio Goeldi, sediado em...
Ver mais
Previous
Next

O procurador-geral de Justiça César Mattar Jr. recebeu, ao lado do subprocurador-geral de Justiça Eduardo Barleta, do 2º subcorregedor-geral Geraldo Rocha; do presidente da Associação do Ministério Público do Pará (Ampep), promotor de Justiça Márcio Maués Faria, e do chefe de gabinete da PGJ, promotor de…

A roda de conversa “Novíssimas teses sobre a Cabanagem”, com o jornalista Sérgio Buarque de Gusmão, pesquisador e autor do livro “Nova História da Cabanagem: seis teses revisam a insurreição que incendiou o Grão-Pará em 1835”, o historiador Geraldo Mártires Coelho, professor titular aposentado da UFPA, e a cientista política…

O Ministério Público do Estado e o Ministério Público Federal criaram um Grupo de Trabalho Interinstitucional para tratar das questões envolvendo as comunidades quilombolas e populações tradicionais do Marajó, de modo articulado com o Grupo de Trabalho Agrário do MPPA e acompanhamento dos Centros de Apoio Operacional…

Figura na pauta da reunião virtual do Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Pará desta quarta-feira, 16, o julgamento de Processo Administrativo Disciplinar contra os juízes Raimundo Moisés Alves Flexa e Marco Antônio Lobo Castelo Branco. Em julho de 2019, circulou amplamente nas redes sociais gravação em áudio na qual o prefeito de…

Ecologia da Floresta Amazônica


Acontece na Estação Científica Ferreira Penna, na Floresta Nacional de Caxiuanã o curso de campo “Ecologia da Floresta Amazônica” para alunos de mestrado dos cursos de botânica, zoologia e ciências ambientais do Museu Paraense Emílio Goeldi.

As atividades que serão desenvolvidas são ligadas à área de ecologia vegetal, interação animal-planta e desenho experimental em projetos de ecologia.

O curso de campo tem como objetivo capacitar os participantes através de aulas teóricas e práticas dos principais conceitos em ecologia de populações e comunidades além de desenvolver projetos nas principais fisionomias da estação científica, como floresta de terra firme primária, vegetação secundária, formações periodicamente alagadas (igapós e várzeas) e alguns sítios de terra preta.

As praticas de campo serão realizados nas áreas dos principais projetos desenvolvidos na Estação, como Esecaflor, Rainfor, LBA, Áreas Alagadas, entre outros.

A atividade terá como professores o pesquisador Leandro Ferreira, do Centro de Ciências da Terra e Ecologia e o pesquisador Antonio Sérgio do Centro de Botânica, além da ajuda do técnico Luiz Carlos Lobato e da mestre em botânica Denise Cunha.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar