Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Bispo repudia vandalismo

Na madrugada do domingo, anteontem, arrombaram, incendiaram, destruíram alfaias e vestes sagradas e profanaram a Capela de Nossa Senhora Rainha da Paz – Praia Grande, da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição,  no município de Ponta de Pedras, localizado no arquipélago do Marajó(PA). O bispo diocesano, Dom Teodoro Mendes Tavares, registrou a ocorrência na Delegacia da Polícia local, que lavrou o BO e fez a perícia. Em nota, o religioso torna pública a sua profunda indignação e tristeza, manifesta repúdio pelos atos de vandalismo no templo sagrado, pede que as autoridades competentes tomem medidas para que tais fatos não se repitam mais e convida os fiéis em geral e as pessoas de boa vontade a rezarem pela paz e superação da violência, junto com ele, no próximo sábado, dia 24, às 19h, em missa na igreja profanada. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *