Os dirigentes do Sindicato e da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa festejaram o resultado da reunião de hoje com o presidente da Alepa, deputado Chicão, que também convidou para o encontro o Chefe de Gabinete da Presidência, Reginaldo Marques…

A Administração Superior do Ministério Público do Pará está empenhada em fortalecer a atuação dos promotores de justiça no arquipélago do Marajó, onde a situação de extrema pobreza, agravada pela pandemia, perpetua crimes gravíssimos como os abusos e exploração sexual…

“A Prefeitura de Belém, por meio da Comissão de Defesa Civil de Belém, informa que realizou vistoria técnica no bloco B do imóvel localizado na avenida Presidente Vargas, 762, no dia 11 de fevereiro, às 9h, em conjunto com representantes…

DEM e PSL ainda nem consumaram a fusão, prevista para outubro deste ano, mas a briga já é de foice. O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto duelam nos bastidores pelo comando do novo…

215 anos da Marujada em Bragança (PA)

 Fotos: Eunice Pinto

Fotos: Carlos Sodré
Uma das mais importantes manifestações culturais do Pará, a Marujada terá sua culminância hoje, em Bragança. O evento acontece há 215 anos, dentro da festividade em honra a São Benedito, que tradicionalmente inicia no dia 8 de dezembro.

Tudo começou em 1798, quando alguns escravos, em agradecimento aos seus senhores que permitiram a fundação de uma irmandade para louvar São Benedito, começaram a dançar em frente aos casarões da época. Desde então, o ritual ganhou forte identidade cultural.  

Centenas de marujos e marujas caminham pelas ruas estreitas da cidade, uma das mais antigas do Pará. O cortejo com a imagem de São Benedito, que começa e termina na igreja do padroeiro da cidade, percorre todo o centro histórico acompanhado por uma multidão de devotos do santo negro. Os personagens de destaque trajam roupas coloridas. As saias são rodadas, as blusas brancas cheias de rendas, os chapéus cobertos de plumagem e enfeitados por longas fitas coloridas na parte de trás. Os marujos vestem camisas de mangas compridas brancas ou azuis, dependendo do dia da apresentação; calça branca, uma fita amarrada ao braço esquerdo e um chapéu de palha revestido por tecido branco.   

Hoje à noite ainda haverá apresentação de danças, louvor e devoção a São Benedito no Museu da Marujada.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *