Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Vias de fato entre ex-senador e prefeito

O fim de semana teve babado fortíssimo em São Caetano de Odivelas.
Tudo ia muito bem na festa de aniversário de uma tradicional banda de música do município. Até que o presidente da agremiação, em seu pronunciamento,  disse que o sonho deles era a construção da sede própria. Aí, o ex- senador Mário Couto(PSDB), na sua fala, alfinetou o prefeito Mauro Rodrigues Chagas, o Macalé(PSDB), afirmando 
que, caso a prefeitura não construísse a tal sede, ele a ergueria em mutirão com a comunidade.  O prefeito Macalé engoliu em seco a provocação. Mas quando Mário Couto sentou ao seu lado por força do protocolo, Macalé, exaltado, o chamou por adjetivos impublicáveis. Mário Couto, que estava acompanhado da esposa e de dois filhos menores, um de 12 e o outro de 8 anos, não levou o desaforo para casa. Desferiu um soco cinematográfico bem no queixo do prefeito. A festa foi, por assim dizer, empastelada, com direito a palavreado de baixo calão. A história, que movimentou os bastidores políticos, foi confirmada pela filha do ex-senador, deputada estadual Cilene Couto, líder do PSDB na Alepa. 



Desde o ano passado Macalé e Mário Couto romperam politicamente porque o prefeito apoiou a candidatura de Helenilson Pontes(PSD) ao Senado, malgrado o ex-senador tivesse confiança em seu apoio. Sentiu-se traído pelo correligionário. 



Embora haja muita especulação no sentido do desembarque de Mário Couto no PMDB, não existe nada certo. Ele está estudando propostas de alguns partidos, mas por enquanto só avaliando, garante Cilene Couto.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *