Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Trabalho, Justiça e Cidadania

Nesta sexta-feira, 13, o Programa Trabalho, Justiça e Cidadania, da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 8ª Região, espera reunir mais de 700 pessoas no auditório do Centro Cultural Tancredo Neves (Centur), em Belém, para assistir sete apresentações lúdicas dos alunos beneficiários do Programa neste ano, que teve como tema o trabalho infantil. A Escola Salesiana do Trabalho, Escola Maria Amoras, Movimento República de Emaús, Centro Social Santa Edwiges, Fundação Escola Bosque e a Escola Cristã do Benguí, todas localizadas na periferia de Belém, são atendidas pelo TJC, além de cinco escolas em Macapá(AP).

O evento terá apresentações culturais dos estudantes de cursos de dança e percussão do Movimento República de Emaús,  encenação do boi-bumbá com crianças entre 4 e 6 anos de idade da Escola Maria Amoras, e peça sobre o trabalho infantil, na qual atuarão 14 crianças da Escola Municipal Josafá Ayres, de Macapá(AP), além da interpretação do hino do TJC pelo Coro Infanto-Juvenil do Projeto Vale Música, acompanhado de um Sexteto de Sopros, Piano e Percussão. A composição é de autoria do desembargador do Trabalho Vicente José Malheiros da Fonseca, decano do TRT 8, que será homenageado pela Associação Nacional dos Magistrados Trabalhistas. 

O TJC é um programa idealizado pela Anamatra e aplicado pela Amatra 8, com o patrocínio do Ministério Público do Trabalho da 8ª Região, que leva aos alunos da rede pública noções básicas de Direito do Trabalho, Direito da Criança e do Adolescente, ética e cidadania. Um dos principais objetivos é aproximar a Justiça do cidadão, combater o trabalho infantil e disseminar informações sobre direitos e deveres básicos para o exercício da cidadania, utilizando escolas e espaços públicos para realização das atividades. A realização tem o apoio de magistrados, servidores do judiciário, advogados, procuradores e outros profissionais que atuam como voluntários, como este blog. Cerca de 10 mil alunos são beneficiários, nos Estados do Pará e Amapá. A presidente da Amatra 8, juíza Claudine Teixeira da Silva Rodrigues, e a diretora de Direitos Humanos e Cidadania da Amatra 8, juíza Zuíla Lima Dutra, coordenam o TJC na 8ª Região. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *