Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Sindarpa anuncia Trans2015

Edlander Santos,Maria Alice e José Rebelo III,Eduardo Carvalho,Adalberto Tokarski,Alyrio Sabbá,Jean Barbosa.
José Rebelo III, presidente do Sindarpa – Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial e Lacustre e das Agências de Navegação do Estado do Pará, anunciou ontem à noite, durante a cerimônia de outorga da Comenda “Mérito da Navegação Fluvial na Amazônia”, o Trans 2015, evento que debaterá as questões econômicas e ambientais da logística na região, com ênfase ao modal de transporte hidroviário.
O Sindarpa vai retomar a luta pelo cumprimento dos compromissos do governo federal no sentido de remover o pedral do Lourenço e demais obstáculos à plena navegação nos rios Tocantins e Araguaia, de modo que as eclusas de Tucuruí funcionem efetivamente como as portas de acesso ao Pará, e daqui para o mundo, pela feliz localização geográfica estratégica, perto de Europa e dos EUA. Pela hidrovia  Tocantins/Araguaia poderão ser escoados diversos produtos de todo o Brasil, em ótimas condições para competir no mercado internacional. Em consequência da obra, já foram e ainda serão gerados fortes investimentos na construção naval, com a instalação de vários estaleiros, inclusive atraindo parceiros estrangeiros para o ramo. 



Em comemoração aos 65 anos de atividades do Sindarpa, receberam a honraria do Mérito da Navegação Fluvial na Amazônia o vice-almirante Edlander Santos, comandante do 4º Distrito Naval, e Adalberto Tokarski, diretor de navegação interior da Antaq-Agência Nacional de Transportes Aquaviários, muito prestigiados por empresários e personalidades do setor.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *