A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Presos assaltantes que aterrorizavam Salinas

As Polícias Civil e Militar de Salinópolis estão de parabéns. Hoje, o delegado Fausto Bulcão, acompanhado pelos investigadores Evandro Carlos, Orion Klautau e Thaiana Simões, prendeu Alessandro Borges de Aguiar, vulgo Sapo, de 28 anos, e Otávio Natalino Soares de Souza, de 21 anos, que praticaram três roubos a residências só na última semana, inclusive uma casa na área do Atalaia, na sexta-feira passada, quando renderam as pessoas que estavam lá, apontando armas de fogo, e levaram tudo, inclusive as roupas de todos, que ficaram só com o que vestiam, levando, ainda, um veículo, utilizado na fuga e abandonado na saída da cidade. 

Os policiais descobriram que logo após o crime os assaltantes fugiram para Bragança e hoje foram informados de que estavam em um ônibus retornando a Salinas.  Na altura da Vila do Alto Pindorama, abordaram o ônibus e prenderam os dois, que são de alta periculosidade. Só para se ter uma ideia, o Sapo já havia sido preso em flagrante quatro vezes por porte ilegal de arma de fogo, roubo e tráfico de drogas. Além disso responde a mais três processos por roubo, latrocínio e homicídio, pelo que há dois mandados de prisão preventiva expedidos contra si.
Por sua vez, Otávio Natalino Soares de Souza já foi preso em flagrante três vezes por furto qualificado e roubo. E responde a mais oito processos criminais por roubo e um por latrocínio, ocorrido no início de março deste ano, no bairro Atlântico, ocasião em que assassinou um líder afrorreligioso com requintes de perversidade, a pauladas, dentro da casa da vítima. Contra ele há três mandados de prisão preventiva, o mais recente pelo assalto da sexta, na casa da praia do Atalaia. 

Conforme o delegado Fausto Bulcão, os nove casos de roubo a residências por associação criminosa registrados em Salinas desde o início deste ano foram todos elucidados, com autoria delitiva indicada, prisões preventivas decretadas e, até agora, 12 prisões. O delegado também destaca o trabalho da PM local, comandada pelo major Josimar Leão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *