Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Pacto pela Educação avança no Pará

No Fórum Permanente de Prefeitos e Prefeitas do Pará Sustentável, que mobiliza os poderes Executivo e Legislativo no âmbito estadual e municipal, foram assinadas, hoje, ordens de serviço para obras em escolas estaduais de 13 municípios paraenses, investimento de R$ 60 milhões. Firmaram as parcerias o governador Simão Jatene, o vice-governador Zequinha Marinho, a secretária de Educação, Ana Cláudia Hage, e prefeitos e secretários municipais. O evento continua amanhã, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. 

Desse total, R$ 40 milhões serão destinados a reforma e construção de escolas em Ananindeua, Belém, Benevides, Bragança, Conceição do Araguaia, Inhangapi, Maracanã, Pau D’Arco, São Miguel do Guamá, Salinópolis, Salvaterra, Santarém Novo e Uruará. As obras incluem ainda melhorias e adaptações das unidades. Outras 13 ordens de serviço serão abertas ainda este ano. As empresas que venceram as licitações têm prazo de 185 dias para entregar tudo pronto, garantiu Simão Jatene, estimulando os cidadãos a acompanharem as obras.

Jatene e mais 30 gestores municipais assinaram também o termo de adesão ao Pacto pela Educação do Pará, que envolve instituições, entidades de classe e empresas para fortalecer ações pedagógicas nas escolas públicas estaduais e municipais. Desde que foi lançado, em 2013, o programa já alcançou resultados significativos: os 18 municípios-piloto do pacto apresentaram crescimento acima da média estadual, em todos os níveis e séries avaliados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) entre os resultados de 2013 e 2015. 

No caso do ensino médio, o Pará conquistou o segundo maior crescimento do Ideb, subindo quatro posições no ranking nacional. No ensino fundamental I, o crescimento de 0,5 entre 2013 e 2015 foi suplantado apenas pelos Estados do Ceará (0,7), Alagoas e Maranhão (0,6). Nos anos iniciais do ensino fundamental, 72,2% dos municípios que aderiram tiveram ganhos iguais ou superiores à média estadual. O mesmo ocorreu com metade dos municípios nos anos finais do ensino fundamental.

Ulianópolis conseguiu mobilizar o maior número de empresas parceiras (32) e já superou a meta projetada para 2021, com o Ideb de 5,9. Outras cinco prefeituras atingiram metas estipuladas para médio e longo prazo, para 2017 e 2019: Paragominas, Santa Bárbara do Pará, Salvaterra, Santarém e Tailândia. Agora há 70 municípios participando.  

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *