Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Prêmio Carlos Rocque

 


Foi tudo de bom a cerimônia de entrega do Prêmio Carlos Rocque, ontem à noite, no Palácio Antônio Lemos, promoção da Associação Cidade Velha-Cidade Viva, presidida por Dulce Rosa de Bacelar Rocque e prestigiada pelo prefeito Zenaldo Coutinho, que anunciou que, no carnaval de 2015, vai apoiar o Bloco Xibé da Galera, um dos agraciados, pela conduta exemplar, fazendo seus desfiles sem som treme-terra, com bandinha, cartazes e faixas educativos, banheiros químicos e recolhendo imediatamente todo o lixo.

A premiação destacou também o importantíssimo trabalho de resgate feito por José Vasconcelos Paiva, através de fotografias do casario da Cidade Velha de Belém, revelando detalhes preciosos de seus azulejos portugueses, ferragens, condutores de energia elétrica e calçadas. O Grupo Gente de Belém, que divulga a cidade, mesmo de longe, através de um blog, foi o terceiro premiado, por defender o patrimônio histórico de Belém.

A presidente do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, Anaíza Vergolino, fez um discurso muito aplaudido destacando a vida e o legado de Carlos Rocque, representado na solenidade por suas filhas e neta.

O jornalista e escritor Carlos Rocque(1938-2000), alcunhado “Repórter da História”, além de contista e romancista estruturou enciclopédias e deixou importante produção histórica. Era membro da Academia Paraense de Letras. Secretário executivo da comissão responsável pelo traslado dos restos mortais do intendente e senador Antonio Lemos para Belém em 1973, foi presidente da Paratur e inaugurou o Museu do Círio e o Parque Ecológico da Companhia Paraense de Turismo. Foi ele quem concebeu o marco ao Sesquicentenário da Cabanagem e apresentou a ideia ao então governador Jader Barbalho, que a abraçou e o nomeou secretário da comissão responsável pela construção do memorial projetado pelo gênio Oscar Niemeyer. Foi, ainda, secretário executivo da comissão do centenário de nascimento do ex-governador Magalhães Barata (1988).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *