A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

Pesquisa da Doxa mostra Zenaldo na frente


A Doxa Comunicação Integrada, de Dornélio Silva, entrevistou 800 eleitores sobre o contexto eleitoral em Belém do Pará, no período de 18 a 21/10/2016. O resultado aponta crescimento da candidatura de Zenaldo Coutinho(PSDB), com ampla vantagem sobre Edmilson Rodrigues(PSOL), como se verifica nos gráficos. Zenaldo aparece com 45,8% e Edmilson com 35,6%. Brancos/nulos, 10,8% e 7,8% não sabem em quem votar. 

Já quanto à rejeição a pesquisa mostra que 41,4% não votariam em Edmilson e 28,3% em Zenaldo. Brancos/nulos somam 16,4% e 12,9% não sabem.

Quanto à expectativa de vitória, 51,6% acreditam que Zenaldo vai vencer o segundo turno, contra 33,7% de Edmilson. E 14,7% não sabem.

O caso é que, segundo a pesquisa, se a eleição fosse hoje, considerando só os votos válidos, Zenaldo ganharia com 56,3% e Edmilson teria 43,8%. 

A pesquisa foi feita com recursos próprios, registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob o protocolo Nº PA-09424/2016, a margem de erro estimada é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança utilizado é de 95%. O estatístico responsável é Luiz Carlos Ferreira Feitosa – CONRE 9477.

Se a Doxa mantiver coerência com os trabalhos feitos no primeiro turno, quando acertou nas projeções, significa  que nem com o abalo causado pela condenação pelos videos publicados no facebook Zenaldo sofreu alteração na tendência ascendente. Esta semana será questão de vida ou morte para ambos os contendores. Afinal, está em jogo também o posicionamento dos atores para a sucessão estadual em 2018.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *