A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Os fatos que ensejaram a prisão preventiva do SGT Gildson dos Santos Soares e o afastamento da Coronel QOPM/PA Andréa Keyla Leal Rocha do Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Pará descortinaram uma situação gravíssima e surreal dentro…

Barcos regionais a motor, veleiros, vigilengas, rabetas, bajaras, canoas ubás, igarités, catraias, botes fazem parte da memória afetiva, produtiva e econômica parauara, navegando pelo oceano Atlântico, baías, rios que mais parecem mares, lagos, igarapés, furos, estreitos, igapós e campos alagados…

Palavras de Autores

O que o escritor, jornalista, romancista, roteirista e cenarista francês Jean-Paul Delfino e o jornalista, escritor e dramaturgo parauara Edyr Augusto Proença têm em comum?

Delfino se mudou para o Brasil e o traduz com perfeição, é especialista em Bossa Nova, já escreveu 7 mil páginas sobre o cenário brasileiro, inclusive romances históricos, ao longo de trinta anos. Edyr tem vários livros traduzidos para o francês: Moscow, Casa de caba (com o título Nid de vipères)Os éguas (com o título “Belém”), tão aplaudido pela crítica parisiense que ganhou em 2015 o prêmio Camaléon de melhor romance estrangeiro, na Université Jean Moulin. Faz tanto sucesso com seu estilo singular que virou figurinha carimbada em eventos culturais franceses. Já participou, por exemplo, do festival Quais du Polar, em Lyon, como convidado e palestrante do festival Étonnants Voyageurs em Saint-Malo, e do Salão do Livro de Paris.  

Pois os dois vão protagonizar um debate literário no próximo dia 1º, às 19h, no Salão Cultural da Aliança Francesa de Belém (Travessa Rui Barbosa, 1851). Aproveitem que a entrada é gratuita e vale muito a pena. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *