Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Os sacerdotes do povo na Amazônia

Vejam só que maravilha: a Universidade Federal do Oeste do Pará lança na segunda-feira, dia 13, às 15h, o livro “Pajés, benzedores, puxadores e parteiras: os imprescindíveis sacerdotes do povo na Amazônia”, organizado pelo professor Florêncio Almeida Vaz. A obra é uma sequência do primeiro livro do projeto “Isso tudo é encantado” (2014), que mostra a cosmologia dos indígenas e ribeirinhos da região.
Desta vez, foram reunidos os principais relatos de pajés e outros agentes da medicina tradicional, coletados por bolsistas e voluntários em aldeias e comunidades do interior e divulgados no programa “A Hora do Xibé”, que vai ao ar todas as segundas, quartas e sextas-feiras na Rádio Rural de Santarém.
O livro dá voz a homens e mulheres humildes, que falam de suas crenças, ofício e preconceitos. Com linguagem acessível, introduz o leitor à reflexão antropológica sobre o xamanismo amazônico. 

No lançamento, o renomado neurocirurgião Erik Jennings falará da relação entre a medicina ocidental e a pajelança, e será exibido o documentário “Terra dos Encantados”, com a presença do diretor, Clodoaldo Correa. O grupo “Carimbó Tapajowara”, formado por estudantes indígenas, fará apresentação cultural, e vai ter roda de conversa com os autores do livro. O evento será no auditório Wilson Fonseca, da Unidade Rondon da Ufopa (Av. Marechal Rondon, s/nº – bairro Caranazal), em Santarém. Haverá sorteio de livros entre os participantes, com entrega de certificado. Não é necessária inscrição prévia. A publicação também será distribuída em bibliotecas públicas e comunidades locais.   

Tudo faz parte do projeto de extensão A Hora do Xibé, que é vinculado ao Programa de Extensão Patrimônio Cultural na Amazônia, da Ufopa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *