Patrick Luis Cruz de Sousa, candidato a presidente do Conselho Regional de Farmácia do Pará pela Chapa 1 e atual conselheiro do CRF-PA, discursa na campanha em favor das mulheres, que representam 70% da categoria, mas no início deste ano…

A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Os parasitas da sociedade brasileira

A sociedade brasileira precisa exigir providências para extirpar da vida pública personagens que enlameiam a República. O senador Zezé Perrella (PDT-MG), que herdou o mandato do ex-presidente da República Itamar Franco, teve a aeronave de seu filho, o deputado estadual Gustavo Perrella (SDD-MG), apreendida após transportar quase meia tonelada de cocaína.
O piloto, Rogério Almeida Antunes, que está preso, era funcionário da empresa e também assessor parlamentar no gabinete de Gustavo Perrela, que usava a verba indenizatória da Assembleia Legislativa de Minas Gerais para abastecer a aeronave.
 
Segundo normas da aviação civil, só aeronaves habilitadas como táxi aéreo podem realizar transporte de cargas ou de passageiros.
O helicóptero do deputado tem registro apenas para transporte particular.
O advogado dos Perrella, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que os fretamentos eram feitos – vejam só! – para ajudar na manutenção da aeronave, sem fins de lucro.
 
Perrella, cartola do Cruzeiro, é ficha suja. Foi indiciado pela Polícia Federal sob suspeita de
lavagem de dinheiro na venda do zagueiro cruzeirense Luisão ao Real Madrid, em
2003, e investigado pelo Ministério Público, sob suspeita de ocultar
patrimônio, além de abastecer seus jatinhos com verba pública.
 
E pensar que o Brasil se escandalizava com um presidente da República solteiro, acompanhado por uma mulher sem calcinha no camarote da Sapucaí no carnaval…

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *