Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

O resgate das crianças e adolescentes

 
O Fundo das Nações Unidas pela Infância (Unicef) e a Prefeitura Municipal de Belém realizaram debate sobre políticas públicas em favor da infância e da adolescência junto aos moradores do Distrito Administrativo do Benguí – que abrange 11 bairros e concentra cerca de 285 mil habitantes -, hoje, na Escola Alda Eutrópio de Souza, no Tapanã. A programação faz parte do Fórum Territorial da Plataforma dos Centros Urbanos. O promotor de Justiça José Maria Lima Júnior representou o Ministério Público do Estado do Pará e o prefeito Zenaldo Coutinho participou do evento que, além de Belém, acontece de forma simultânea em outras oito capitais do País. Com a plataforma, os municípios participantes comprometem-se a reduzir as desigualdades relacionadas a pelo menos dez indicadores sociais, tais como as taxas de mortalidade neonatal e de homicídios entre crianças e adolescentes de 10 a 19 anos.
Na ocasião, foi lançada a “Cartilha Infância Roubada”, elaborada pela Fundação Papa João XXII (Funpapa), que alerta para a necessidade de combate à exploração infantil, pedofilia e todo tipo de violência contra crianças e adolescentes.
 
Neste domingo, 1º, a Marcha de Belém contra o Trabalho Infantil sai da Escadinha da Estação das Docas às 8:30h, tendo as Crias do Curro Velho à frente do  trio elétrico que conduzirá a caminhada e o ​Cordão do Peixe Boi, do ​Arraial do Pavulagem​. O cortejo percorrerá a Av. Presidente Vargas e​,​ em frente ao Teatro Waldemar Henrique, haverá a parada para a leitura oficial da Carta de Belém, que será entregue​, junto com as dos demais Estados, à presidente da República, no dia 12 de junho, ao final da Marcha Nacional, em Brasília. A Marcha de Belém encerrará na Praça da República, com apresentações artísticas e culturais. Participem!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *