O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

NPJ da UFPA recebe recursos indicados pelo MPT

Um acordo judicial homologado pela 19ª Vara do Trabalho de Belém prevê a reversão de R$ 50 mil em equipamentos, mobiliário e material de expediente ao Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Federal do Pará. Os recursos são provenientes de indenização por dano moral coletivo paga pela Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações, alvo de ação civil pública de autoria do Ministério Público do Trabalho PA/AP. A construtora foi processada por adotar uma espécie de “lista suja”, onde eram incluídos nomes de ex-funcionários que ajuizaram reclamação trabalhista, a fim de impedir sua contratação por outras empresas ou, ainda, impor que fossem demitidos de seus cargos. 

Pelo acordo, a Cyrela se compromete a não praticar e a não permitir que se pratique qualquer conduta discriminatória em relação a empregado ou ex-empregado que tenha exercido o seu direito fundamental de ação no Judiciário, qualquer que tenha sido o resultado final do processo e a relação jurídica entre a empresa e o reclamante (empregado, ex-empregado, terceirizado ou autônomo). 

Em caso de descumprimento da obrigação, a multa é de R$ 5 mil por cada trabalhador atingido, reversível ao Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT ou a entidades sem fins lucrativos indicadas pelo MPT. 

O NPJ da UFPA é órgão integrante do Instituto de Ciências Jurídicas da Universidade e presta serviço público de assistência judiciária gratuita  à população carente de Belém, inclusive celebra convênios com outras instituições a fim de ampliar sua área de atuação e aperfeiçoar o atendimento, como os firmados com a Defensoria Pública e o Tribunal de Justiça do Estado do Pará. Funciona no Bloco “L” do Campus Profissional do Guamá, de 8:20h às 12h, e de 14:20h às 18h, de segunda a quinta-feira, para atendimento em geral; e de 8h às 12h nas sextas-feiras, para atendimento específico a vítimas de violência. Para mais informações podem ligar para (91) 3201-7722 e 3201-7273.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *