O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil, em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Praticagem da Barra do Pará, Sociedade Amigos da Marinha Pará, Secretarias de Saúde de Barcarena e do Estado do Pará, Tribunal…

Guy Veloso, filho do saudoso jurista, notário e político Zeno Veloso, plantou em sua memória um pé de baobá na Universidade Federal do Pará, onde o ilustre parauara se destacou como professor de direito civil e direito constitucional, formando gerações…

Evellyn Vitória Souza Freitas nasceu no chão do banheiro do Hospital Municipal de Portel, município do arquipélago do Marajó (PA), no dia 28 de julho de 2021, por volta das 8h da manhã, prematura de 28 semanas e dois dias, pesando 1Kg e 39…

Vanete Oliveira, a jovem marajoara de 28 anos e mãe de cinco filhos que sofre há catorze anos com um tumor enorme em um dos olhos, que lhe cobre quase a metade da face, já está internada no Hospital Ophir…

Instituto Carlos Gomes restaurado e ampliado

FOTO: WALDA MARQUES
Terceira mais antiga escola de música do país, criado há 122 anos, o Instituto Estadual Carlos Gomes, mantido pela Fundação Carlos Gomes, funciona em um imóvel de dois andares localizado a três casas do antigo Conservatório. Há um ano, o prédio começou a ser restaurado e foi entregue pelo governador Simão Jatene hoje. As obras resgatam a história da edificação, que agora ganhou um anexo onde funcionará a nova Lutheria, espaço destinado para a fabricação artesanal de instrumentos de cordas que já existia, mas foi modernizado para abrigar o Curso Técnico de Formação de Luthier, que fará parte da grade curricular de ensino do IECG. A profissão está quase em extinção no país e a intenção é que jovens da região amazônica se interessem pela construção, reparo e afinação de instrumentos de cordas. 

O curso é único em toda a região Norte, destaca o luthier Paulo Sergio Nogueira, que trabalha violino, viola e violoncelo. Fafá, como é carinhosamente chamado, se formou em 1986 na primeira turma da escola de Luthier do Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, em Tatuí, São Paulo.
O novo anexo ganhou colorido especial pelas mãos do grafiteiro Dedeh Farias, 26 anos, que fez três grafites nos muros do prédio. Formado em Artes Visuais pela UFPA, o artista desenhou alunos tocando para que eles se sintam familiarizados com a área. 

O prédio é uma construção posterior ao modernismo que guarda características do estilo “Art Deco”. O jovem arquiteto Matheus Vieira, 25 anos, assina o projeto arquitetônico do anexo e diz que se inspirou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e na arquitetura de Afonso Reidy. Alumínio e vidro foram usados no revestimento externo. 

Na decoração dos ambientes do prédio antigo, uma escolha muito feliz do superintendente da Fundação, o pianista Paulo José Campos de Melo: fotos do acervo da FCG, feitas pela consagrada artista Walda Marques, retratando várias épocas e mostrando momentos marcantes do Festival Internacional de Música do Pará, que este ano chega à 30ª edição. As belíssimas imagens lembram apresentações de Orquestras, Bandas, cenas de óperas e a participação de artistas nacionais e internacionais que estiveram no Pará durante a realização dos principais eventos artísticos e pedagógicos promovidos pela instituição. 

A Fundação Carlos Gomes completou 30 anos em 2016. Foi criada em 1986 como entidade mantenedora do centenário Instituto Estadual Carlos Gomes, também conhecido como Conservatório Carlos Gomes, fundado em 24 de fevereiro de 1895. A Fundação tem por missão difundir a educação musical como instrumento de socialização e inclusão social, promover o ensino musical de qualidade com a oferta de cursos básico, técnico e superior de música, atendendo crianças, jovens e adultos no Estado do Pará. A instituição forma músicos para o mercado, realiza importantes eventos e desenvolve atividades nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *