Um pastor de igreja evangélica localizada no município de Breves, no arquipélago do Marajó, foi condenado a 39 anos de prisão por estupro de vulnerável, exploração sexual e por possuir e armazenar pornografia infantil, com o agravante de que ele…

Acionado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Ministério Público Federal recomendou ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, medidas efetivas para que os responsáveis pelo edifício conhecido como Bloco B da Assembleia Paraense assegurem a manutenção emergencial do…

Na quarta-feira passada (22), operários e servidores ligados à execução da reforma e readequação do Palácio Cabanagem almoçaram com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, que preferiu essa forma de reunião para agradecer pelo compromisso com o trabalho e…

Nunca reclamem de barreiras de fiscalização no trânsito. Graças aos agentes do Detran-PA um homem vítima de sequestro foi resgatado ileso ontem à noite, por volta das 23h, na rodovia BR-316. Conforme relato do coordenador de Operações do Detran-PA, Ivan…

Frente Minerária em Rondon do Pará





A Frente Parlamentar de Apoio ao
Desenvolvimento Sustentável da Mineração no Estado do Pará deslanchou na
sexta-feira, 25, a agenda de visitas técnicas de 2013, começando pelo projeto
integrado de mina e refinaria de alumina da Votorantim Metais, em Rondon do
Pará.
A comitiva, liderada pelo presidente da
Frente, deputado Raimundo Santos(PEN), e acompanhada pelo presidente do
Sindicato das Indústrias Mineradoras do Estado do Pará (Simineral), José
Fernando Gomes Jr., conheceu as instalações do galpão de geologia e a Vila
Santa Lúcia, comunidade próxima ao empreendimento.
De caráter suprapartidário e integrada por
todos os deputados estaduais do Pará, a Frente se propõe a missão de atuar como
ponte entre a sociedade, o governo e as mineradoras, de modo a promover o
debate acerca das questões do setor, tais como sustentabilidade da operação,
aproveitamento da mão de obra parauara não só no serviço braçal e o marco
regulatório das atividades.      
O
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) aponta o Brasil como terceiro
maior produtor de minério de bauxita, com cerca de 14% da produção mundial, de
205 milhões de toneladas. A Austrália é líder em produção, com 31% do total,
seguida pela China com 18%. No Brasil, os principais Estados produtores são 
Pará (85%) e Minas Gerais (14%). Os principais mercados são Estados Unidos,
Canadá, Irlanda, Ucrânia e Suriname.
O Pará é o segundo maior polo produtor de
bauxita e alumina do mundo, com exploração de minas de bauxita nos municípios
de Oriximiná, Paragominas e Juruti. O potencial do empreendimento em Rondon do
Pará supera 1 bilhão de toneladas. O investimento no projeto é de quase R$
6 bilhões, para a produção inicial de três milhões de toneladas de alumina por
ano. Com a expansão, passará a ser a segunda maior refinaria do mundo. A
implantação está prevista para o segundo semestre deste ano, com início da
operação em 2016.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *