A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Em Breves, a educação pede socorro

BREVES. FOTO ELCIMAR NEVES
Em Breves, o maior município do Marajó, com 90 mil habitantes, as crianças e adolescentes não estão frequentando as escolas por falta de transporte escolar nas áreas ribeirinhas. Faltam combustível e pagamento aos pilotos das embarcações, além de livros didáticos. Na cidade, há 60 obras em escolas que não foram concluídas. Além dessas, financiadas pelo Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação (FNDE), cinco creches, dez quadras poliesportivas, dez unidades básicas de saúde e uma unidade de saúde flutuante foram contabilizadas como não executadas. 

A execução de convênios e repasses do governo federal é problema recorrente nos municípios marajoaras, diz o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão do MPF, Felipe Moura Palha, que recebeu denúncias e já abriu investigação. Obras de um terminal hidroviário, o asfaltamento das ruas e a reforma do estádio municipal também estão no rol das inacabadas. 

O prefeito Antonio Augusto Brasil da Silva recebeu duas recomendações do MPF, para regularizar alimentação e transporte escolar com urgência, e 18 pedidos de esclarecimentos sobre as reclamações feitas pela população.

O único hospital de média e alta complexidade de todo o arquipélago, o Hospital Regional de Breves, e o Hospital Municipal, que atua na atenção básica e na baixa complexidade, têm condições melhores do que os dos demais municípios.
Mesmo assim, o hospital municipal precisa de reforma, a rede elétrica precária põe em risco os equipamentos e o fluxo de fornecimento de medicamentos e insumos não é suficiente para a demanda.

A itinerância fluvial cooperativa da Amazônia reúne a Justiça Federal, INSS, MPF, Defensoria Pública do Estado do Pará, MPE-PA, TJE-PA, TRT8 e a Marinha, todos reunidos no Navio Auxiliar Pará, um catamarã que está percorrendo os municípios do Marajó desde 22 de maio, oferecendo serviços jurídicos, previdenciários e atendimento médico e odontológico, até o dia 3 de junho.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *