Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Eleição para a ATEP-PA sub judice

Não se sabe o resultado da eleição para a diretoria da Associação dos Advogados Trabalhistas do Pará (ATEP-PA). A chapa de oposição, Renova Atep, conseguiu várias liminares, mantidas pela desembargadora Luzia Nadja Guimarães, no sentido de impedir a apuração e a divulgação do resultado até a publicação de uma lista detalhada de eleitores aptos contendo a data e a forma de pagamento das anuidades. A comissão eleitoral lacrou as quatro urnas e as depositou perante a 1ª Vara Cível de Belém, onde tramitam as ações. 

Em Belém, a votação foi na Sala dos Advogados, no Tribunal Regional do Trabalho da 8a Região. A votação transcorreu em clima tenso. Logo cedo, a Renova Atep levou segurança privada. A chapa Atep Forte reclamou e pediu providências à presidência do TRT8. Os seguranças saíram do prédio do tribunal e foram para a Praça Brasil, mas entraram de novo. Após novas reclamações o chefe da Segurança do TRT8, Coronel Fábio, pediu que eles saíssem e colocou agentes do tribunal nos local, inclusive agentes da Polícia Federal que trabalham lá, já que é um órgão federal. A chapa de oposição disse que eram seguranças contratados pela OAB-PA. Mas o presidente da seccional, Alberto Campos, foi pessoalmente desmentir a versão junto ao coronel.

Outro imbroglio foi por conta de a chapa Renova ATEP montar uma tenda no meio da Praça Brasil, para que os seus eleitores pegassem os boletos e comprovantes de pagamentos. Houve protestos da chapa Atep Forte, argumentando que o normal é que quem paga a anuidade tem o seu boleto e o seu comprovante, não devendo ser entregue por terceiros.

É lamentável que a disputa por poder tenha lançado a OAB e as associações de advogados em uma guerra insana, que só faz prejudicar a classe como um todo e mancha o bom nome das instituições.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *