0

Uma das músicas executadas ontem na cerimônia de posse do arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, foi a bela obra sacra “Ecce Sacerdos Magnus” (Eis o Grande Sacerdote), em Coro a 4 vozes mistas e Órgão), de autoria do compositor santareno Wilson Fonseca – maestro Isoca.

A peça foi dedicada ao Dom Floriano Löwenau, na época bispo de Santarém. A partitura foi impressa pela editora Irmãos Vitale (SP, 1958), e está reproduzida no livro “Meu Baú Mocorongo” (Wilson Fonseca), editado pelo Governo do Estado do Pará.

Em 09.04.1958, ‘Ecce Sacerdos Magnus’ foi cantado pelo Coro do Seminário Franciscano de Mayslake (USA), por ocasião do imponente cortejo que ingressou na Catedral de Chicago, para a sagração episcopal de D. Tiago Ryan, Bispo-Prelado de Santarém, que se tornou grande amigo de Wilson Fonseca. Ambos nasceram no mesmo dia 17.11.1912, Wilson Fonseca em Santarém (PA) e D. Tiago Ryan em Chicago (USA); e faleceram no mesmo ano de 2002.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Justa homenagem

Anterior

O Gastão paraense

Próximo

Você pode gostar

Comentários