Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

Desvio na PA-150 em Tailândia

Domingo passado, dia 2, em meio às pesadas chuvas e enxurradas um bueiro rompeu na PA-150, na altura do Km 67, próximo ao entroncamento com a PA-256, no município de Tailândia, no nordeste paraense, e seccionou a rodovia estadual, uma das mais importantes do Pará. Para não deixar Tailândia isolada, o prefeito Paulo Jasper, o Macarrão, juntou uma força-tarefa, pôs seu próprio filho para operar maquinário e providenciou um aterro emergencial. Contudo, apesar dos esforços para manter a trafegabilidade, o trânsito deverá ser desviado para um pequeno atalho no terreno da Agropalma.
A Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o Detran e a Secretaria de Estado de Transportes estão no perímetro orientando os motoristas e acompanhando os reparos paliativos no trecho avariado. 

O serviço definitivo de preferência se faz na estiagem. Mas, caso o problema se agrave, mesmo com a manutenção permanente, o tráfego poderá ser interrompido a qualquer momento, e por isso o plano B do secretário de Transportes, Kleber Menezes, é um desvio com 1,70 Km de extensão no lado direito, sentido Moju-Tailândia, e de 2,80 Km no sentido Tailândia-Moju, com drenagem, nivelamento, sinalização e revestimento primário, que começou a ser feito na quarta (5) e vai demorar semanas para ficar pronto.
Só então a Setran iniciará a recuperação do bueiro, o que tem previsão para durar 25 dias corridos. 


O trabalho consiste em execução do lastro em concreto ciclópico (tipo de fundação em pedras para sustentar a tubulação), assentamento da linha dupla do bueiro com diâmetro de 1m, ponta e bolsa; reaterro com areia e seixo, sub-base e base em seixo e recomposição da camada asfáltica em CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente, asfalto específico para rodovia).
A nova tubulação terá sua estrutura reforçada e um aumento de 30% (ou mais) na vazão. Os tubos anteriores tinham 0,80m e estavam assoreados pelos sedimentos do igarapé que existe no local. 

Uma rota alternativa para os veículos vindos de Marabá para Belém, que será devidamente sinalizada e orientada pelo Detran e PRE, é o caminho a partir do distrito de Morada Nova pela BR-222 até o município de Dom Eliseu. A partir dali o motorista deve pegar a BR-010 (Belém/Brasília) e depois a BR-316 até Belém.
Quem sai de Belém em direção ao Sul e Sudeste do Pará pode fazer o sentido inverso.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *