0
Torcedores e jogadores do Clube do Remo e Paysandu fizeram bonito na campanha “Doar sangue é show de bola”. O Hemopa ficou lotado com os mascotes dos dois times (as “Azulindas” e as “Bicolindas”), atletas de handebol e de futebol americano, grupos de corrida, além do centroavante Nano Krieger, do Remo, e do meio-campista Diogo Oliveira, do Paysandu. A Funtelpa, através da Rádio, TV e Portal Cultura, deu apoio fazendo flashes ao vivo.

O saldo da campanha ajuda a repor o estoque de sangue da fundação, que chegou a ficar com apenas 30% da capacidade de atendimento. O período de intensas chuvas fez cair muito número de doações. 

Doar sangue é um ator de amor, de generosidade e, principalmente, de vida. Para doar sangue basta ter entre 16 e 69 anos (menores devem ir acompanhados pelo responsável legal), pesar mais de 50 quilos, estar bem de saúde e portar documento de identificação original e com foto. Os homens podem doar a cada dois meses, e as mulheres, a cada três. O Hemopa em Belém do Pará fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, em Batista Campos. As doações também podem ser feitas na Estação Coleta Castanheira (térreo do Pórtico Metrópole, na BR-316, km 1), no horário de 7h30 às 18h, de segunda a sexta-feira, e de 7h30 às 17h, aos sábados.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Jazz na noite parauara

Anterior

Desvio na PA-150 em Tailândia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *