Um pastor de igreja evangélica localizada no município de Breves, no arquipélago do Marajó, foi condenado a 39 anos de prisão por estupro de vulnerável, exploração sexual e por possuir e armazenar pornografia infantil, com o agravante de que ele…

Acionado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Ministério Público Federal recomendou ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, medidas efetivas para que os responsáveis pelo edifício conhecido como Bloco B da Assembleia Paraense assegurem a manutenção emergencial do…

Na quarta-feira passada (22), operários e servidores ligados à execução da reforma e readequação do Palácio Cabanagem almoçaram com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, que preferiu essa forma de reunião para agradecer pelo compromisso com o trabalho e…

Nunca reclamem de barreiras de fiscalização no trânsito. Graças aos agentes do Detran-PA um homem vítima de sequestro foi resgatado ileso ontem à noite, por volta das 23h, na rodovia BR-316. Conforme relato do coordenador de Operações do Detran-PA, Ivan…

CPI do Tráfico de Pessoas faz audiência

Amanhã,  a partir das 9 h, a CPI do Tráfico de Pessoas no Brasil, presidida pelo deputado Arnaldo Jordy (PPS/PA), promove audiência pública em Belém,
no auditório João Batista, da Alepa, a fim de ouvir
autoridades das áreas de segurança pública e ativistas de direitos humanos, receber
denúncias e encaminhar possíveis investigações.
O deputado Márcio Miranda(DEM), presidente da
Assembleia Legislativa, abrirá a audiência. Foram convidados os secretários de
Estado de Segurança Pública, Luiz Fernandes Rocha; de Justiça e Direitos
Humanos, José Acreano Brasil Jr.; o procurador-geral de Justiça do Pará, Marcos
Antônio Ferreira das Neves; a presidente do TJE-PA, desembargadora Luzia Nadja Nascimento;
o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Alepa, deputado
Carlos Bordalo(PT); o superintendente regional da Polícia Federal, Valdson José
Rabelo; a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do
Adolescente, Maria de Nazaré Sá de Oliveira; o coordenador-geral dos Conselhos
Tutelares de Belém, Fábio Paixão; a coordenadora do Núcleo de Enfrentamento ao
Tráfico de Pessoas no Pará, Leila Maria dos Santos Silva; o delegado-geral da
Polícia Civil, Rilmar Firmino de Sousa; o presidente da OAB-PA, Jarbas
Vasconcelos; o presidente da CNBB Norte 2, dom Jesus Maria Cizaurre Berdonces;
a delegada Simone Edoron Machado Araújo, da Diretoria de Atendimento a Grupos
Vulneráveis; a coordenadora da Comissão Justiça e Paz da CNBB Norte 2, irmã
Henriqueta Cavalcante; a coordenadora-geral do Centro de Defesa da Criança e do
Adolescente, Ana Celina Bentes Hamoy; a coordenadora de Projetos do Centro de
Defesa da Criança e do Adolescente, Alessandra Cordovil da Luz; o presidente da
Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos, Marco Apolo Santana Leão; a
responsável pelo Grupo de Mulheres Brasileiras, Domingas de Paula Martins
Caldas; a diretora, Andreza Smith; e o pesquisador Marcel Hazeu, da Ong Só
Direitos.
Na sexta-feira, a CPI fará audiência pública no
Oiapoque(AP).
 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *