A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Comissão da Verdade promove Seminário

Membros da Comissão com Pedro Galvão e Alfredo Oliveira. Foto Jean Brito
A Comissão Estadual da Verdade do Pará promove Seminário interno, na próxima quarta-feira, dia 11, na Assembleia Legislativa do Estado, a fim de debater a presença do Pará no relatório da Comissão Nacional da Verdade. 

Para enfatizar a participação política feminina, a Comissão decidiu realizar oitivas de mulheres que tiveram intensa presença na resistência à ditadura no Pará, logo na primeira semana de março, declarado oficialmente o mês da mulher. Isa Jinkings e sua filha, Leila Jinkings, Luzia Miranda Álvarez, Hecilda Veiga, Violeta Rafkalefski Loureiro, Dulce Rosa de Bacelar Rocque, Auriléa Abelém e Maria de Lourdes Couceiro Simões deverão ser as primeiras de uma série de depoimentos. 

Sob a moderação da Profª Drª Luciene Medeiros, foi realizado planejamento estratégico de uma agenda de atividades a ser cumprida até junho deste ano. A Comissão Estadual da Verdade do Pará reúne todas as quintas-feiras, desde que foi criada, e já obteve avanço na pesquisa documental, com uma lista preliminar de vítimas: pessoas, organizações, movimentos sociais, bem como um resumo das violações aos direitos humanos, os locais e violadores. Há levantamentos feitos em jornais da época da ditadura militar e já foram realizadas oitivas de quatro depoentes – o ex-governador Aurélio do Carmo, o publicitário Pedro Galvão, o escritor Alfredo Oliveira e o médico Ruy Antonio Barata, além do jornalista Tito Barata, que entregou vários importantes documentos originais relativos a processos de presos políticos. A Comissão precisa avançar na sistematização das informações para a construção de um banco de dados e socialização dos resultados obtidos.

Integram a Comissão Estadual da Verdade do Pará Egydio Salles Filho(OAB-PA), presidente; João Lúcio Mazzini da Costa(Arquivo Público), Paulo Fonteles Filho (Comitê Paraense pela Verdade, Memória e Justiça), Renato Marques Neto(Sejudh), Ana Michelle Gonçalves Zagalo(Segup), deputado Carlos Bordalo (Alepa), Franssinete Florenzano (Sinjor-PA), Jureuda Duarte Guerra (Conselho Regional de Psicologia-PA/AP) e Marco Apollo Leão(SDDH)

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *