Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Casas lotéricas se queixam à Alepa

Representantes de 94 casas lotéricas, das 321 existentes no Pará, que poderão ter suas portas fechadas no ano que vem, caso não seja revertido na justiça leilão da Caixa Econômica Federal, foram à Assembleia Legislativa se queixar da situação e pedir ajuda.  É que o leilão atende solicitação do TCU, mas o acórdão é de antes da Lei 12.869/13, aprovada no Congresso e sancionada pela presidente Dilma Roussef, garantindo a prorrogação dos contratos das casas lotéricas por mais 20 anos. “No entanto, a CEF desconhece a lei, e marcou esta licitação das mais de seis mil lotéricas do Brasil inteiro, atingindo principalmente as mais antigas, o que poderá gerar a perda de aproximadamente dois mil postos de trabalho, somente no Pará”, explicou Robson Gomes, membro da comissão. A medida atinge, de imediato, 54 lotéricas na grande Belém. Cinco municípios no Estado deixarão de ser atendidos pelos serviços bancários, neles praticados somente pelas agências lotéricas. 

O presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda(DEM), determinou que o setor jurídico da Casa estude medida cautelar para impedir a realização do leilão. Os deputados presentes, por sua vez, prometeram articular os deputados federais de suas legendas a fim de conseguir uma solução.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *