Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Ajudem a Orquestra de Violoncelistas!


A Orquestra de Violoncelistas da Amazônia, que tem 22 integrantes, foi convidada a participar do Festival de Orquestras na França e precisa de ajuda para as passagens aéreas Belém-Paris-Belém. Com muito esforço e ajuda solidária, o professor doutor Áureo De Freitas, regente da Orquestra, já conseguiu estada, alimentação e 10 passagens aéreas. Para obter os recursos necessários, está sendo rifado um iPhone 6, e cada cartela custa apenas R$5. Quem puder ajudar só precisa mandar mensagens pelo 988916777(Oi) ou via WhatsApp 9981756076(Tim) e 993213010 (Vivo).
Também há a opção de depositar a contribuição no Banco do Brasil, agência 3860-1, conta 24.414-0 ou outra forma a combinar. Os músicos podem ser ajudados, ainda, através da aquisição de 
camisetas modelo Babylook a R$ 35 e camisetas femininas e masculinas a R$ 30.

A Orquestra de Violoncelistas da Amazônia é ligada à Escola de Música da UFPA, foi criada em 1998 pelo Prof. Dr. Áureo de Freitas, seu regente, e é a única orquestra profissional juvenil de violoncelistas em todo o Brasil. Além de suas atividades musicais, funciona como importante ferramenta de inclusão social, ao valorizar crianças e adolescentes, fazendo com que seus músicos sejam reconhecidos pelos melhores violoncelistas do cenário musical nacional e internacional, ao mesmo tempo em que atende com aulas de musicalização e cidadania crianças com autismo e portadoras de déficit de atenção e hiperatividade, num trabalho social exemplar e digno da adesão e apoio de toda a sociedade. 

Os integrantes da Orquestra de Violoncelistas da Amazônia já representaram o Pará em várias turnês pelo Brasil e no Exterior – nos EUA, Europa e até em Pequim, na China -, com repertório eclético que vai do erudito ao popular, com pegada roqueira e arranjos inovadores.
As empresas e pessoas físicas dispostas a contribuir para o patrocínio da turnê terão em contrapartida a divulgação do apoio em todos os shows e entrevistas. Além da excelência dos músicos e cantores, o trabalho voluntário executado merece incentivo e é uma imagem extremamente positiva para qualquer empreendimento.

Eu e a Gabriella Florenzano apelamos à sensibilidade de todos, principalmente de empresários, no sentido do apoio à Orquestra de Jovens Violoncelistas da Amazônia, para que represente o Pará e o Brasil na França.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *