0
Os bastidores arderam em chamas, foi um deus-nos-acuda, mas a oposição derrotou a tropa de choque de Dudu, O Ausente, o prefeito oxigênio que queria entregar até o que o belemense não tem – saneamento básico – a terceiros de sua confiança. A articulação vitoriosa teve todas as digitais do governo do Estado, que está em festa.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Adjetivos sobrando

Anterior

Antes tarde do que nunca

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *