Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

90 municípios devem R$28 milhões ao Iasep

A presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Estaduais do Pará, Iris Ayres de Azevedo Gama, foi muito cumprimentada em sua arguição na sessão especial da Alepa, hoje, pelos deputados presentes: Sidney Rosa(PSD), Edmilson Rodrigues(PSOL), Tetê Santos (PSDB), Augusto Pantoja(PPS), Júnior Ferrari(PSD), Raimundo Santos(PEN), Nélio Aguiar(DEM), Edilson Moura(PT) e o presidente da Casa, Márcio Miranda(DEM), em razão dos resultados obtidos, principalmente se comparados com o valor médio das contribuições mensais dos servidores do Estado, na ordem de R$51, e o número de reclamações, enquanto os segurados de planos de saúde pagam alto, têm tratamento nada diferenciado e os planos são campeões de reclamações, inclusive no Judiciário. 


Iasep tem 252 mil segurados e só de janeiro a abril deste ano realizou um milhão e trezentos mil procedimentos em saúde. Iris Gama informou que o Instituto desenvolve quatro programas de prevenção e sua rede envolve 608 unidades, com 574 serviços credenciados, atendendo 40 municípios, com quadro de pessoal enxuto de apenas 356 funcionários. A média de atendimento mensal é de 342.118 pessoas. A presidente da autarquia anunciou a conclusão, em breve, da nova central única de segurados em Belém, na Av. Gentil Bittencourt, além de 17 novas unidades no interior do Estado, em Igarapé Açu, Paragominas, São Miguel do Guamá, Bragança, Tucuruí, Castanhal, Santarém, Marabá, Capanema, Abaetetuba, Santa Isabel do Pará, Maracanã, Monte Alegre, Redenção e Vigia. Este ano foi implantado o serviço de regulação própria para a liberação de órtese, prótese e material especial de alto custo, com otimização do prazo, com ampliação do serviço de cobertura para oncologia(radiocirurgia, radioterapia e PET-SCAN),  e também das cotas para pacientes renais crônicos e transplantados. 


Noventa prefeituras devem R$28 milhões ao Iasep. No primeiro quadrimestre de 2014, o órgão arrecadou R$141.266.343,22 e teve que arcar com despesas de R$143.032.811,27.


A história do Iasep remonta ao Montepio dos Funcionários do Estado, criado pela Lei Estadual 414/1896, assinada pelo governador Lauro Sodré em obediência ao art. 68 da Constituição de 1896. Em 1970, o Montepio passou a ser denominado Ipasep (Decreto Lei 183/70), assumindo as funções de assistência previdenciária, imobiliária, financeira e de saúde. Em 2003, com o advento da Lei Completar 44/2003, houve o desmembramento das funções de previdência e assistência. A sigla Iasep e o denominação da autarquia como Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará surgiu através da Lei 7.290/2009. 



Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *