0

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres foi instituído em 25 de novembro pela Resolução 52/134 da ONU.

O propósito é alertar para a violência física, psicológica, sexual e social que atinge as mulheres.

Mensagem do secretário-geral da ONU, António Guterres, para esta data:

“A violência contra as mulheres é uma terrível violação dos direitos humanos, uma crise de saúde pública e um enorme obstáculo ao desenvolvimento sustentável.
É persistente, generalizada e está piorando.

Desde o assédio e abuso sexual até ao feminicídio, a violência pode assumir muitas formas, mas todas são consequência de uma injustiça estrutural enraizada em milênios de patriarcado.

Continuamos a viver numa cultura dominada pelos homens que deixa as mulheres numa situação de vulnerabilidade, negando-lhes a igualdade em termos de direitos e de dignidade.

Todos pagamos o preço: as nossas sociedades são menos pacíficas, as nossas economias menos prósperas e o nosso mundo menos justo.

Mas o mundo pode ser diferente.

O tema da campanha UNA-SE deste ano, “Investir para prevenir a violência contra mulheres e meninas”, convida todas as pessoas a agir:

Apoiemos leis e políticas abrangentes que reforcem a proteção dos direitos das mulheres em todas as áreas.
Redobremos o investimento na prevenção e no apoio às organizações de defesa dos direitos das mulheres.

Ouçamos sobreviventes da violência e acabemos com a impunidade dos agressores em todos os lugares.

Apoiemos as mulheres ativistas e promovamos a liderança das mulheres em todas as fases do processo de decisão.

UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres e Meninas.

Juntos, vamos levantar nossas vozes e manifestar. Vamos construir um mundo que se recuse a tolerar a violência contra as mulheres em qualquer lugar, sob qualquer forma, de uma vez por todas.”

#NãoTemDesculpa

#UNASE pelo Fim da Violência contra as Mulheres e Meninas.

Alepa promove diálogos em favor da infância e adolescência

Anterior

Círio fluvial de N. Sra. da Conceição em Abaeté

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *